(67) 9 9331-5032 Área dos pais
| Saiba mais | Nutrição

Nutrição

O que é Nutrição Funcional?

Presente há mais de 10 anos no Brasil e com o respaldo científico do The Institute For Functional Medicine (IFM – EUA) e do Instituto Brasileiro de Nutrição Funcional (IBNF) fundado em 2004, a Nutrição Funcional (NF) aplica a Ciência dos Nutrientes de acordo com a individualidade bioquímica, ou seja, observa os sintomas, sinais e características de cada indivíduo e os relaciona com a carência ou excesso dos nutrientes, corrigindo - via alimentação ou em clínica com suplementação - os desequilíbrios nutricionais que, geram sobrecarga no sistema imunológico e desencadeiam “processos alérgicos” tardios, os quais acabam por provocar inúmeras doenças crônicas como: obesidade, depressão, fibromialgia, artrite reumatoide, síndrome do pânico, depressão, osteoporose, diabetes, distúrbios de comportamento e hiperatividade infantil, desordens estéticas e alteração na performance física, etc.

ver mais

E sabendo que uma criança bem nutrida apresenta um melhor desenvolvimento infantil e escolar e, sentindo a necessidade da presença de um apoio nessa área, algumas escolas tem buscado no mercado tal proposta que forneça um alimento com essa característica mais funcional, abordando o indivíduo em suas particularidades, principalmente àqueles que requerem cuidados específicos como as de intolerâncias alimentares.

Texto por: Kethya Gutierres
Abacaxi

Prática da cozinha

A NF envolve um cuidado redobrado desde a escolha correta da matéria prima até o seu preparo, utilizando de base alimentos mais frescos, preferencialmente orgânicos ou utiliza-se de métodos dietéticos para reduzir toxicidade dos que concentram maior carga de agrotóxicos. Os preparos isentam-se de frituras e produtos industrializados (ricos em açúcares, conservantes e ingredientes artificiais), processados (enlatados/embutidos), pelas quais possuem um perfil mais inflamatório relacionado com as doenças crônicas, já citadas.

Limão

Prato saudável na NF

É importante observar no prato não somente a qualidade de macro elementos (carboidratos, proteínas, gorduras ou calorias) mas, atentarmos aos micro elementos que compõem as fibras, as vitaminas, minerais e uma vasta gama de compostos bioativos, esses são de fato a matéria prima que garante a efetividade das células, estas bem nutridas fazem o papel dela corretamente no organismo. Um prato com preparo que mantém essas características é o que de fato mais se aproxima de um prato saudável! Abordar essa proposta da nutrição funcional dentro da escola traz o que é de mais atualizado no contexto da nutrição para os pequenos.

Melancia

Perfil das preparações

Para termos um bom envolvimento ou aceitabilidade de determinados alimentos, em sua apresentação é imprescindível o cheiro e sabor e, por isso essa prática culinária denominou-se de Gastronomia Funcional. O que garante sabor e memória afetiva com as delícias nutritivas. E, sim é possível ser aplicado gradualmente na escola, uma equipe (nutricionistas, professores, alunos) bem engajada e constantemente treinada executará ações como aulas de culinárias, oficinas de horta, educação nutricional, e diversas atividades degustativa.

Segurança alimentar

Outro cuidado e zelo é o cumprimento das normas e exigências da vigilância sanitária quantos aos padrões de higiene e qualidade nos serviços de alimentação.É de suma importância um Gestor de Nutrição para supervisão dessa equipe em todas as etapas de execução das delícias funcionais desenvolvidas na cozinha. Desde a seleção, higiene, armazenamento, preparo e apresentação do alimento, isso para garantir o que há de melhor em sabor, adequação e segurança nutricional.

Assim, nossas diretrizes é respeitar cada fase da criança e oferecer bons alimentos para garantir nutrientes essenciais para seu adequado desenvolvimento. Porque comer é um verdadeiro aprendizado e, o nosso objetivo é ensinar a todos os envolvidos nesta aprendizagem, equipe escolar e familiares, a trazerem a criança para perto do alimento que realmente nutri seu corpo.